Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Malik, uma outra forma de poesia

Malik, uma outra forma de poesia

14
Set20

À luz da lua

Malik

 

àluzdalua1.jpg

 

 

À luz da lua

dançava nua                                     

despida de idade,                             

movendo com graça

corpo de desgraça

sem qualquer maldade;

 

Cabelos compridos

negros luzidios

brincando com o vento,

orquestra de estrelas

música das mais belas

escutadas no tempo;

 

Lábios de veludo

olhar sem escudo

seios de perdição,

cintura delgada

sorriso de fada

linguagem de paixão;

 

A noite corria

fugia do dia

levando a saudade,            

a aurora surgia

com nova energia

e a promessa de felicidade.

 

 

Malik

 

 

12
Set20

Ilusão

Malik

 

ilusao2.jpg

 

 

Vi-te bela como flor

num dia que inventei,

obra prima do criador

queria dar-te o meu amor

eras tudo o que sonhei;

 

Ou então eras magia

criação da minha mente,

como uma feitiçaria

a lembrar a alquimia

feita de forma diferente;

 

Pensei um breve momento

podias ser ilusão,

sozinho há tanto tempo

seria grave tormento

estar a ver com o coração;

 

Voltei a ver com o olhar

aceitei a realidade,

foste embora sem falar

não vieste para ficar

mesmo assim vou ter saudade.

 

 

Malik

 

 

11
Set20

Vazio

Malik

 

vazio1.jpg

 

 

Sinto-me vazio

talvez seja inverno

fui à janela, espreitei, mas não consegui perceber,

a solidão está a doer

como o calor do inferno

e eu sinto frio, muito frio...

 

Preciso talvez de viajar

mas não da forma que tenho vindo a fazer,

desta vez saindo mesmo do lugar

partir sem pensar em voltar

nenhum destino a alcançar

deixar a vida acontecer...

 

Não, não estou a divagar,

preciso apenas de me levantar, de me erguer

e sair...

perdendo-me... poder-me-ei encontrar...

 

Sinto-me vazio...

Está frio, muito frio...

 

 

Malik

 

10
Set20

Feitiço

Malik

 

feitiço2.jpg

 

 

Teu olhar cigano

profundo, profano

doce como mel,

fogueira acesa

desejo na mesa

manjar infiel;

 

Amor proibido

que só faz sentido

para quem o viveu,

nem todo o universo

em prosa ou em verso

nunca o descreveu;

 

É como um feitiço

a que estou submisso

de corpo e alma,

tal qual um bruxedo

coragem e medo

tempestades e calma;

 

Delírio gostoso

prazer e gozo

sem espaço nem tempo,

como uma melodia

toda a noite e dia

da qual me alimento.

 

 

Malik

 

09
Set20

Só...

Malik

 

só...1.jpg

 

 

Só...

Estou só, rodeado de gente,

serei uma ilha, estarei indiferente?

Sinto-me só, isolado, confuso, perdido...

Navegando um tempo sem sentido...

 

Aonde vou?

Por onde ando?

Onde fiquei?

Ou não fiquei... fui ficando...

 

Perdi-me nas ondas

da paixão pela vida,

pedaços de mim espalhados

num mar de amores passados

onde não quero voltar...

 

Minha alma sente dor

que se recusa a abrandar,

assim como um grande amor

que não veio para ficar,

a minha viagem preciso retomar

mas primeiro

preciso ficar inteiro

p’ra poder voltar a amar!

 

Só...

 

 

Malik

 

08
Set20

Deslumbramento

Malik

 

deslumbramento1.jpg

 

 

Ouvi um poeta cantar

seu amor à natureza,

às montanhas e ao mar

às estrelas, ao luar

paraísos e beleza;

 

Dei por mim a procurar

pela maior perfeição,

difícil de encontrar

comecei a vasculhar

o meu próprio coração;

 

Paisagens, animais, melodias

de tudo um pouco encontrei,

coisas simples, alegrias

que com o passar dos dias

sem perceber as guardei;

 

Mas nada se assemelhava

ao que o poeta cantou,

até seu olhar brilhava

quando da natureza falava

todo o mundo o adorou;

 

Navegando o pensamento

desfolhei um malmequer,

as folhas, levou-as o vento

que me trouxe o deslumbramento

do corpo de uma mulher!

 

 

Malik

 

07
Set20

Um gatinho

Malik

 

umgatinho2.jpg

 

 

Regressava eu a casa

às tantas da madrugada

numa noite de luar,

caminhando pela rua

sombria, deserta, nua

pareceu-me ouvir miar;

 

Parei e fiquei atento

não fosse a voz do vento

a tentar-me confundir,

fiz o silêncio devido

apurei o meu sentido

e um miar voltei a ouvir;

 

Qual não foi o meu espanto

quando surge por encanto

um gatinho bem parecido,

saído de um jardim

caminhava para mim

como quem está perdido;

 

Um dilema a nascer

sem saber o que fazer

retomei o meu caminho,

andando bem devagar

indeciso, a pensar

atrás de mim o gatinho;

 

Seguiu-me até casa

junto à lareira sem brasa

deitou-se sem qualquer drama,

de manhã ao acordar

o gatinho fui encontrar

junto aos pés da minha cama!

 

 

Malik

 

06
Set20

Renascer

Malik

 

renascer1.jpg

 

 

Trazia um vazio no peito

saudade meia sem jeito

algo jamais sentido,

demorei a compreender

que a lacuna a preencher

era amor nunca vivido;

 

Chegaste de azul vestida

entraste na minha vida

verdadeiro furacão,

sinfonia em sintonia

numa tranquila harmonia

alternando com paixão;

 

Se a lareira falasse

talvez o mundo corasse

ao saber o que ela viu,

corpos despidos de pudor

em loucas noites de amor

que o desejo construiu;

 

Era uma doce loucura

amor com tanta ternura

era um novo viver,

dois amantes entrelaçados

pela vida marcados

destinados a renascer.

 

 

Malik

 

 

05
Set20

Um mar de sonho

Malik

 

ummardesonho1.jpg

 

 

Jovem e bonita, amante de dançar

aquela rapariga da aldeia

mantinha acesa a ideia,

o sonho de ver o mar;

 

Uma vastidão desmedida

que inundava a televisão

e lhe falava ao coração

como quem a chama à vida;

 

Quando esse dia chegou

ia de voz embargada,

pensando em tudo, em nada

e ficando deslumbrada quando se aproximou;

 

Olhou o mar docemente,

abriu os braços e dançou,

sentiu o vento na cara, esqueceu-se do tempo e chorou

nunca sentira tal liberdade, era feliz verdadeiramente;

 

A felicidade persistiu vigiada pelo sol,

uma paz nunca sentida

reconciliou-a com a vida,

tinha encontrado o seu farol.

 

 

Fashion & Malik

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub