Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Malik, uma outra forma de poesia

Malik, uma outra forma de poesia

29
Out20

Apatia

Malik

 

apatia2.jpg

 

 

O problema não é a apatia

é acharmos a apatia normal,

essa que mergulha em nós

e recebemos de braços abertos

por não estarmos despertos

pelo cansaço de caminhos incertos

fartos de travessias em desertos

que nos enfraqueceram a voz

e mataram nossos sonhos;

 

E assim, no conforto da apatia

vamos definhando,

com o mundo caminhando

sem rumo e não cuidando

de fazer um novo dia.

 

 

Malik

 

 

27
Out20

Desistir

Malik

 

desistir2.jpg

 

 

Desistir não é pecado

nem tão pouco uma fraqueza,

insistir em ficar ao lado

de quem te deixa isolado

isso sim, uma tristeza;

 

Amar também é deixar partir

por mais que possa doer,

a porta da gaiola abrir

sair quem tem de sair

para voltar a viver;

 

O amor não é prisão

e amar é libertar,

não há grades no coração

persistir numa ilusão

é sofrimento a evitar;

 

Tantas vezes ao voar

sem correntes nem algemado,

acaba por constatar

que o certo é regressar,

que seu lugar é a teu lado.

 

 

Malik

 

 

25
Out20

Fogueira

Malik

 

fogueira1.jpg

 

 

Mandaste cortar madeira

andaste a apanhar pinhas,

sensual foi a maneira

como ateaste a fogueira

das emoções que eram minhas;

 

Quiseste matar o frio

queimar o gelo entre nós,

ser barco ou navio

navegar no meu rio

que não tem nascente ou foz;

 

Esta noite não tem fim

sinto-te mulher inteira,

teu corpo chama por mim

perco-me no teu jardim

mantendo acesa a fogueira.

 

 

Malik

 

 

24
Out20

Baile da vida

Malik

 

bailedavida1.jpg

 

 

Não queiras dançar sozinha

seja a música que for,

aceita a mão que é minha

quero fazer-te rainha

deste baile do amor;

 

Prometo que nesta dança

nunca te irei pisar,

ajustaremos a andança

em passos de esperança

num autêntico deslizar;

 

A música não escolhemos

nem a podemos mudar,

ambos aprenderemos

que para sonhos pequenos

não vale a pena dançar;

 

Venha um tango por favor

para a vida apimentar,

vamos amar com primor

esculpindo com esse amor

uma estátua sem par.

 

O tango aprende-se dançando...

... e são precisos dois para dançar um tango...

 

 

Malik

 

 

22
Out20

Dentro do armário

Malik

 

dentrodoarmário1.jpg

 

 

Dentro do armário

é o lugar de ninguém,

fazes tudo ao contrário

a vida não é só calvário

procura ir mais além;

 

Vai até à beira-mar

vê para lá do horizonte,

imagina que podes voar

do céu tenta observar

onde está a tua fonte;

 

Pois que nela irás beber

vida à saciedade,

o ontem é para esquecer

o agora para viver

rumo à felicidade;

 

Tu és única, és singular.

Dentro do armário não é lugar para se estar...

Dentro do armário não é o teu lugar!

 

 

Malik

 

 

20
Out20

Apenas

Malik

 

apenas1.jpg

 

 

Se fosses uma constelação

eu seria o universo,

terias uma estrela por coração

brilharias na minha imensidão

cantar-te-iam em verso;

 

Se fosses uma sereia

eu seria o teu mar,

brincaríamos na areia

te daria maré cheia

com mil estrelas-do-mar;

 

Se fosses uma flor

eu seria o teu jardim,

paraíso de perfume e cor

onde com o teu odor

desabrochavas p’ra mim.

 

Mas não és constelação, sereia ou flor.

És “apenas” a mulher que em mim desperta o amor.

 

 

Malik

 

 

19
Out20

Onde está a tua mão?

Malik

 

ondeestáatuamão1.jpg

 

 

A angústia de não te ter a meu lado

traz-me o coração parado

nada mais me faz sentido,

como estar acordado

meio anestesiado

sensação de andar perdido;

 

O tempo está cansado

os dias parecem um fardo

a vida não acontece,

amanhecer nublado

pôr-do-sol deslavado

e a noite nada oferece;

 

E assim se passa o dia

a tristeza por companhia

da completa solidão,

a minha cama está fria

já nem sei o que é alegria

onde está a tua mão?

 

 

Malik

 

 

16
Out20

Um abraço

Malik

 

umabraço1.jpg

 

 

Preciso do teu abraço terno,

quente de carinho e sentido,

quem me dera fosse eterno,

sinal que estava contigo;

 

Um abraço sem pudor

mitigando esta ansiedade,

embrulhando muito amor,

matando tanta saudade;

 

Quando nele te enlaço

não mais sou um solitário,

no silêncio do nosso abraço

cabe todo um dicionário...

 

 

Malik

 

 

15
Out20

Uma criança

Malik

 

umacriança.1.jpg

 

 

A criança corria, o mundo fugia debaixo dos pés

ia crescendo na onda do tempo ao sabor das marés,

oferecia magia, criava alegria, risos eram mil

seu olhar brilhava enquanto brincava no parque infantil;

 

Cantava, saltava e dançava, inocência sem dor

qual flor delicada, nascida e criada em ninho de amor,

mundo de cor, estrela maior,  arco-íris no ar

rosa sem espinho, ternura e carinho, a desabrochar;

 

Pétalas encarnadas, talvez encantadas por fada de luz

ventos de harmonia, de noite e de dia, ainda sem cruz,

da tranquila idade para a mocidade sem poder escolher

aquela criança, depois da bonança, será uma mulher;

 

Tanta felicidade lembrará mais tarde no livro da vida

da infância pura, ingénua e segura, já não permitida,

falará de saudade e da liberdade de que usufruiu

nostalgia dum tempo, tão simples e lento, que ontem partiu.

 

 

Malik

 

 

13
Out20

O segredo

Malik

 

osegredo1.jpg

 

 

Perguntas bailavam na mente

respostas não encontrava,

não podia ficar indiferente

ser como aquela gente

que quer tudo e não quer nada;

 

Fui então ao mar perguntar

para quê viver a vida,

que tanto obriga a remar

sonhos faz naufragar

numa viagem perdida;

 

E o mar me respondeu

que a vida não é dor,

que a alegria não morreu,

para todo o que viveu

o segredo foi o amor!

 

Viver é amar.

O segredo da vida é o amor!

 

 

Malik

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Outubro 2020

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub