Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Malik, uma outra forma de poesia

Malik, uma outra forma de poesia

21
Jan21

A rapariga que roubava flores

Malik

 

araparigaqueroubavaflores2.JPG

 

 

Até não era traquina

aquele amor de menina

daquela pequena aldeia,

apanhava flores no campo

em cada uma o encanto

de um tesouro de mão-cheia;

 

Foi crescendo e foi mudando

pelos caminhos ia roubando

as flores que estavam à mão,

nisso ela não mudou

foi um amor que ficou

e uma doce tentação;

 

Era já uma donzela

muito linda, muito bela

não lhe faltando amores,

ainda e sempre atrevida

apaixonada pela vida,

só pecando pelas flores;

 

Ela é hoje uma mulher

que sabe bem o que quer

mas continua a roubar,

nunca irá desistir

não consegue resistir

às flores, ao passar...

 

 

Malik

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub