Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Malik, uma outra forma de poesia

Malik, uma outra forma de poesia

07
Fev21

O que resta

Malik

 

oqueresta1.jpg

 

 

Tudo o que resta de um ser

que um dia foi humano

é um sabor a engano

duma existência à deriva

onde ousar sonhar

foi contínuo profanar

de um templo chamado vida;

 

Para cumprir uma sentença,

condenação de nascença

de que não pôde apelar

ninguém merece viver,

restando-lhe o aguardar

o natural libertar

concedido pelo morrer.

 

 

Malik

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Fevereiro 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub