Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Malik, uma outra forma de poesia

Malik, uma outra forma de poesia

06
Set20

Renascer

Malik

 

renascer1.jpg

 

 

Trazia um vazio no peito

saudade meia sem jeito

algo jamais sentido,

demorei a compreender

que a lacuna a preencher

era amor nunca vivido;

 

Chegaste de azul vestida

entraste na minha vida

verdadeiro furacão,

sinfonia em sintonia

numa tranquila harmonia

alternando com paixão;

 

Se a lareira falasse

talvez o mundo corasse

ao saber o que ela viu,

corpos despidos de pudor

em loucas noites de amor

que o desejo construiu;

 

Era uma doce loucura

amor com tanta ternura

era um novo viver,

dois amantes entrelaçados

pela vida marcados

destinados a renascer.

 

 

Malik

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub